top of page

O nome botânico da palmeira fênix é Phoenix roebelenii, mas essa planta também é conhecida como Pygmy Date Palm. A palmeira fênix possui uma folhagem delicada, com um leve arco, e é originária do sudeste da Ásia e também da África, sendo possível cultivá-la em diversas regiões do planeta.

Palmeira Fenix

R$ 30,00Preço
  • Iluminação para a palmeira fênix

    Uma curiosidade da palmeira fênix é a sua capacidade de ficar em ambientes fechados, desde que possa receber luz indiretamente. Portanto, a palmeira fênix pode ser iluminada dentro de casa, basta permanecer perto de uma janela voltada para o sul ou para o norte. Deste modo ela vai receber raios de sol vindos de fora, geralmente crescendo na direção em que está recebendo a luz.

    Se você desejar, também é possível iluminá-la ao ar livre, se você possuir um quintal grande e arejado. Ela necessita de bastante sol, pois é uma planta de ambientes de praia, então a iluminação contribuirá para um crescimento forte e sustentável.

    ■Temperatura ideal para palmeira fênix

    Uma temperatura ideal para a palmeira fênix é por volta de 25 graus celsius, temperatura média de um país tropical como o Brasil. Não deixe a palmeira fênix em um ambiente onde esteja localizado um ar condicionado e deixe-a longe de ventos quentes e correntes de ar, pois isso prejudica seu crescimento.

    Para um bom desenvolvimento da palmeira fênix, é melhor colocá-la em temperatura ambiente. Você pode cultivá-la também à meia-sombra e em ambientes interiores razoavelmente iluminados, mas lembre-se de que ela não pode ficar em linha direta de contato com saída de ar resfriado ou aquecido, uma vez que não fica confortável em receber ar frio ou quente soprando contra ela.

    ■Irrigação necessária para palmeira fênix

    A palmeira fênix exige alguns cuidados específicos: você deve regá-la todos os dia nas primeiras semanas após o plantio, e não se esqueça de adubá-la, pois é essencial para um crescimento saudável da palmeira. Quando a planta estiver bem fixada, é necessário regá-la somente duas vezes na semana. Para regar essa palmeira, use um borrifador, regador ou um copo com aproximadamente 473 ml de água.

    Dependendo de onde você pôr a palmeira fênix ela vai necessitar de mais água ou menos água, isso vai influenciar no seu crescimento e também na parte estética da planta. A umidade, a estação do ano e o ambiente onde está localizada, entre outros fatores, vão afetar a necessidade de rega.

    ■Frequência de poda da palmeira fênix

    Não é necessário podar a palmeira fênix diversas vezes no ano. Essa necessidade vai existir se ela representar um perigo para as pessoas ou bens ao redor, mas, se este não for o caso, você pode podá-la quando suas folhas quebrarem ou morrerem, ou na hipótese de aparecer flores ou frutos. Localize sempre folhas mortas ou que estejam morrendo.

    Para fazer uma boa poda da palmeira fênix, corte as folhas marrons e mortas, e não se esqueça das verdes e saudáveis, apenas deixe uma quantidade pequena no topo da árvore, o que vai ajudar a tornar a planta mais saudável. Não faça uma poda excessiva, pois isso a deixará vulnerável a doenças e pode deixar o tronco enfraquecido.

    ■Propagação da palmeira fênix

    Para a reprodução da palmeira fênix é necessário ter a planta masculina e a feminina, para assim obter o fruto delas. As sementes da palmeira fênix são produzidas pela planta feminina e, depois da floração, os frutos estarão maduros entre 140 a 180 dias.

    Ao coletar os frutos, eles devem ser retirados manualmente. Depois disso, primeiro você deve lavá-los e, em seguida, colocá-los sobre um jornal para secar na sombra por pelo menos um dia. É melhor propagar as sementes em uma mistura de turfa úmida e perlita. Então, depois de plantar, coloque o vaso sob luz solar indireta ou luz fluorescente e cubra o vaso e a planta com um saco plástico preso por um elástico para evitar que a umidade escape.

    ■Como evitar e remover pragas

    A palmeira fênix é, por vezes, acometida por fungos, e estes aparecem na parte aérea presentes nas folhas e nos caules. A disseminação e transmissão dos fungos podem ocorrer por meio das sementes, e estas devem ser analisadas anteriormente. Para evitar fungos na parte aérea, você deve podar as folhas afetadas e retirá-las do local do plantio.

    Essa planta também é propensa a pequenas pragas como os ácaros, uma praga particularmente incômoda. Se você for precavido, evitará a disseminação de pragas e fungos na sua palmeira.

  • IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA CORES E TAMANHO PODE VARIAR CONFORME DISPONIBILIDADE

bottom of page