top of page

Pela sua facilidade de cuidado e manutenção, os cactos têm sido os eleitos da vez pelos moradores de grandes cidades, com vidas corridas, para dar um toque de verde e trazer a natureza para dentro de casa. E mesmo para quem mora em pequenos espaços, é possível apostar na tendência: os mini cactos estão com tudo e vão dar um charme extra em qualquer cantinho.

Cacto Mandacaru

R$ 160,00Preço
  • Apesar de realmente serem espécies de fácil manutenção, os cactos também possuem segredos. Quer saber mais sobre o assunto? Continue lendo e aprenda os segredos de como cuidar de um cacto! 

    1. O solo

    A preparação do solo é um dos pontos mais importantes na jardinagem. Afinal, é da terra que a verdinha irá tirar os nutrientes necessários para se desenvolver. Para quem busca como cuidar do cacto, aí vai uma dica: a terra precisa ser permeável, com um bom sistema de drenagem, para que não fique encharcada. 

    Como os cactos são de regiões desérticas, preferem um ambiente mais seco. O ideal é que o solo seja preparado com quantidades iguais de terra e areia. Assim, podemos criar um ambiente mais próximo ao original e, consequentemente, a planta irá crescer mais bonita.

    2. O vaso

    O vaso também possui grande influência na permeabilidade do ambiente. Em lojas especializadas, como a Petz, você encontra uma grande variedade de vasos para plantas, com diferentes características. 

    Os vasos de cerâmica, barro ou cimento são os mais indicados para cactos. Esses materiais permitem que a água evapore com mais facilidade, por isso, a terra fica mais sequinha. Além disso, são rústicos e elegantes, combinando perfeitamente com a beleza selvagem da espécie. 

    3. O Sol 

    Outro fator importante na vida de qualquer jardineiro é justamente nosso astro-rei: o Sol. Aqui, vale uma explicação. De fato, os cactos são conhecidos pela resistência e, geralmente, sobrevivem nos mais diversos ambientes. 

    Por isso, são utilizados como decoração em ambientes internos, como escritórios e shoppings, onde não há muita luz natural. Entretanto, se você busca como cuidar de cactos, pequenos ou grandes, mantendo-os belos e saudáveis, saiba que a incidência de luz direta é fundamental. 

    4. As regas

    Até os jardineiros iniciantes sabem que as plantas precisam de regas regulares para se desenvolverem, não é mesmo? Porém, no caso de como cuidar de cactos, a história pode ser um pouco diferente. 

    Como estão adaptadas a regiões áridas e desérticas, essas verdinhas podem passar longos períodos sem água. Quando exageramos nas regas, o cacto pode ficar com as raízes fragilizadas e, consequentemente, ter problemas de desenvolvimento. 

    A frequência vai depender de fatores como o tamanho do vaso, mas, como regra geral, podemos seguir a seguinte recomendação. 

    • Para os meses mais quentes: regar uma vez por semana. 
    • Para os meses mais frios: regar duas vezes por mês. 

    Além de controlar a frequência, fique de olho na quantidade de água! A umidade em excesso pode causar prejuízos para os cactos. Por isso, se tiver água no pratinho ou na base do vaso, esvazie o recipiente rapidamente. Lembre-se sempre que os cactos preferem ambientes secos e ensolarados! 

    5. O fertilizante

    Se você sempre sonhou com vasos belos e floridos, aqui vai uma dica: invista em adubos e fertilizantes! Estes produtos, amigos indispensáveis de qualquer jardineiro, são como vitaminas para plantas. Os jardineiros mais experientes podem elaborar um fertilizante personalizado, misturando diferentes compostos como esterco e farinha de ossos. 

    Mas se você ainda está entrando no mundo da jardinagem agora, não precisa se preocupar. Na Petz, há diversas opções de fertilizantes já prontos, com produtos específicos para você ter como cuidar de um mini cacto, por exemplo. 

    Para quem busca como cuidar de cactos e suculentas, basta procurar por fertilizantes específicos, desenvolvidos por especialistas, com tudo que sua verdinha precisa. A utilização de fertilizantes regulares garante uma planta mais saudável e vistosa! 

bottom of page