top of page

Saiba tudo sobre a hera, planta versátil e fácil de cuidar

Versátil e democrática, a hera (Hedera helix) gosta de espaço e cresce em várias direções, podendo ser cultivada tanto como planta pendente quanto como trepadeira ou forração, para cobrir determinadas áreas do jardim. “A hera é daquelas plantas amigáveis”, resume Vanessa Guerreiro, da Botânica e Tal. A seguir, ela dá dicas de como cuidar da espécie, que ficou famosa por suas folhas de cores e formas diversas.


Características


“A hera pode apresentar folhas recortadas em diversos padrões e tons de verde ou ainda variegadas – quando tem manchas mais claras. É bem fácil reconhecê-la pelas folhas em formato de estrela.”


Versátil


“A planta pode ser utilizada como pendente – o jeito mais provável de cultivá-la para quem mora em apartamento. Neste caso, ela fica longa e cheia. Quem tem um jardim e quer criar uma divisória verde, por exemplo, pode cultivar a hera como trepadeira. Ela ainda funciona como forração em áreas reservadas do jardim.”


Ambiente


“Prefere lugares bem iluminados e tolera vento a até ar-condicionado. Mas fique atento: bom evitar posicioná-la em locais com incidência de sol ao meio-dia.”


Regas


“No verão, é indicado regar até três vezes na semana, principalmente se estiver em um local com vento. No inverno, duas vezes por semana costuma ser suficiente. O ideal é enfiar o dedo na terra e checar a umidade. Esta planta gosta de substrato sempre úmido, mas sem encharcar para não comprometer as raízes.”


Purifica o ar


“A hera também é ótima amiga dos alérgicos. É uma das plantas mais eficazes para filtrar o ar de gases poluentes como benzeno, xileno e formaldeído, encontrados em produtos como detergentes, fumaça de cigarro, sacos de supermercado, repelentes, tintas e vernizes, etc.”

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page