top of page

Como cuidar de tuia holandesa

Ela pode ficar exuberante o ano inteiro, mas é quando se aproximam as festas de fim de ano que a tuia holandesa ganha destaque e passa a ser objeto de desejo de muita gente. Isso ocorre porque a tuia holandesa é muito usada na decoração de festas e como árvore de Natal, se tornando o centro das atenções nas confraternizações. Afinal, é lá, no “pé” da tuia holandesa, onde são depositados os presentes natalinos que tanto encantam as crianças e fazem suspirar os adultos. E é lá, ao redor da tuia holandesa, que parte da celebração de Natal acontece. Portanto, a árvore precisa estar linda e bem cuidada para fazer bonito frente aos convidados, não é mesmo? Dê seu toque especial e enfeite-a com bolas coloridas, laços e pacotinhos de presentes. E você, sabe como cuidar da tuia holandesa? Então continue lendo para garantir que a sua árvore de Natal natural esteja linda para o período de festas e veja como é bem tranquilo cultivar a sua tuia holandesa.



História da tuia holandesa A tuia holandesa é uma árvore conífera da família das Cupressaceae macrocarpa e se parece com um pinheirinho. De pequeno porte, suas folhas têm coloração que variam entre verde-limão e dourado. De suas folhas, exala um aroma cítrico de limão, daí o porquê de ela também ser conhecida popularmente como tuia limão. Aposto que você está imaginando que, com esse nome, a tuia holandesa só pode ser nativa da Holanda, não é mesmo? Pura pegadinha. Apesar de ter “holandesa” na sua denominação, essa espécie é originária da Inglaterra, a partir de espécies de pinheiro californiano. No Brasil, ela é conhecida como tuia holandesa porque foram os imigrantes holandeses que a introduziram em nosso território e passaram a cultivá-la e comercializá-la. Hoje, uma das maiores produtoras de tuia holandesa é a Terra Viva, na cidade de Holambra, interior de São Paulo. Tuia holandesa tamanho A tuia holandesa tem como principal característica o seu tamanho compacto e o crescimento lento, podendo ser plantada em vaso ou diretamente na terra. Você geralmente encontra a tuia holandesa em tamanhos que vão desde 40 cm até quatro metros de altura. Para decoração de ambientes internos, o tamanho ideal é de 1,5 metro. Em vaso, ela pode permanecer por até seis meses, quando, então, deve ser transplantada para a terra. Na primeira fase de vida da tuia holandesa ocorre o enraizamento da planta, que dura cerca de seis meses. No primeiro ano de vida, a tuia holandesa pode atingir 40 cm. Já no segundo ano, ela cresce em torno de 1 metro por ano. Ao atingir cerca de 2 metros, as raízes vão pedir mais espaço. É hora de transplantá-la para um vaso maior, para as raízes terem espaço para respirar e se desenvolver melhor. A tuia holandesa, quando plantada na terra, em quintais e jardins, pode atingir até 4 metros de altura. Bem, mas, para isso, levará cerca de 20 anos. Como cuidar da tuia holandesa? A tuia holandesa é uma espécie pouco exigente e fácil de cuidar. Confira os cuidados necessários para manter a sua planta bonita até o Natal. E depois dele, é claro!

Substrato O substrato ideal para plantar a sua tuia holandesa deve conter terra vegetal e húmus de minhoca. Você também pode misturar casca de pinus, a fim de manter a umidade do solo. No caso da tuia holandesa, é preferível que suas raízes fiquem mais molhadas do que secas. Rega O cultivo em vaso exige regas diárias com aproximadamente 500 ml de água diretamente no substrato, dependendo do tamanho da sua tuia. O importante é deixar a terra sempre úmida. No caso da tuia holandesa, é melhor pecar pelo excesso, do que pela falta de água. Cuidado para não molhar as folhas, pois a água parada nas folhas pode causar doenças, como fungos. Use um regador para direcionar corretamente a água para o substrato. Iluminação A tuia holandesa deve ficar em locais bem iluminados, à meia-sombra, onde receba cerca de 2 horas de sol direto por dia. Dentro de casa, prefira colocá-la em um lugar na sala onde bata luz direta do sol. Em local de clima ameno, ou seja, nem muito quente, nem muito frio, ela pode ficar sob luz solar direta durante todo o dia.

Poda Com uma tesoura de poda, corte os galhos mortos, afine as áreas de crescimento exagerado e dê à planta o formato desejado, que pode ser de conífera, por exemplo. Para isso, corte a ponta de suas folhas, de cima para baixo, sempre com a tesoura na diagonal (corte em bisel). Isso evita que a água, que eventualmente tenha respingado da rega ou da chuva, fique parada nas pontas das folhas, ocasionando a proliferação de fungos.



Adubo Você pode adubar a sua tuia holandesa no verão e no inverno. Nesse período, coloque uma camada de adubo ou cobertura vegetal ao redor da base da árvore duas vezes por semana. Aplique adubos orgânicos ou adubo NPK 10-10-10 ao redor do caule da planta. Como fazer muda de tuia holandesa A reprodução da tuia holandesa é feita por meio de estaquia. Retire um galho grande e sadio, com cerca de 15 cm. Limpe todas as folhas desse ganho, deixando apenas as da ponta. Enterre-o em terra fértil, com substrato de terra vegetal, húmus de minhoca e casca de pinus e aguarde cerca de três a seis meses até o surgimento das primeiras raízes.

Como plantar tuia holandesa Para plantar a tuia holandesa diretamente no solo, seja no jardim ou quintal, escolha um local de pleno sol, de preferência que receba luz solar direta de seis a oito horas por dia. Em regiões muito quentes, é bom que haja um leve sombreamento à tarde. Também é importante que ela esteja protegida do vento, como próxima a um muro, por exemplo. A tuia holandesa gosta de solos úmidos, ricos em nutrientes orgânicos. Quanto mais umidade o solo for capaz de reter, melhor para esta planta. Faça uma cova com cerca de 50 cm de profundidade e 50 cm de largura. Encharque a cova com água antes do plantio, para facilitar a acomodação das raízes. Para plantar a tuia holandesa a partir das sementes, plante as sementes em um vasinho e cultive-as dentro de casa. Tuia holandesa tem raiz grande?

Essa planta tem raízes profundas, então precisa de uma cova grande para ser plantada e enraizar. Para o plantio da tuia holandesa em jardins, a área mínima recomendada é de 3 m².

Tuia holandesa é venenosa?

Não há nenhum estudo que indique que a tuia holandesa é venenosa

Tuia holandesa morrendo, o que fazer? Quando comercializadas em grande escala e sem os devidos cuidados, as tuias holandesas podem durar poucos meses. Isso porque ao serem colhidas e envasadas, quando o procedimento não é feito de forma adequada, não recebem o devido cuidado e suas raízes não são devidamente preservadas. Quando passa o Natal, pode acontecer de sua tuia holandesa começar a secar ou amarelar. Vários fatores podem estar ocasionando isso.



1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page