top of page

Aprenda mais sobre o Lírio da paz


Existem plantas cheias de significados e curiosidades. Hoje, vamos falar sobre uma delas. Com uma flor branca e muito característica, o lírio-da-paz encanta e faz com que muita gente pergunte como cuidar do lírio-da-paz.A notícia boa é que essa não é uma tarefa tão difícil.

A espécie é forte, bonita e desperta muito interesse quando o assunto é decoração natural em casa. Então, se você quer cultivá-la, continue a leitura. Aqui, a Petz ensina tudo o que você precisa saber sobre como cuidar do lírio-da-paz!


Características do lírio-da-paz

O lírio-da-paz é uma planta de folhagem bem verde e brilhante, com ampla formação de arbustos. A flor é branca, semelhante a uma pétala, com um pequeno pendão internamente.

A espécie tende a ter o tamanho controlado, ou seja, é uma das melhores plantas para casa. A aparência conquista muitos corações de apaixonados de plantinhas por aí. Porém, engana-se quem pensa que a espécie é só bela.

Por trás, ela também carrega vários significados, sendo símbolo de paz, tranquilidade, harmonia, cura, pureza e esperança. Então, se você procura por plantas que vão além das características estéticas, essa pode ser ideal para boas energias na sua casa!

Como plantar lírio-da-paz?

A missão de como plantar lírio-da-paz não vem cheia de segredos e planos mirabolantes, como no caso de outras espécies. O cultivo é bem prático: um solo adequado já permite que a planta se desenvolva. Ela cresce bem em ambientes internos, se tiver um pouco de sombra e água.

O lírio pode ser tanto uma planta de vaso quanto de solo. Como ele atinge tamanho médio, basta um recipiente ideal para as raízes terem espaço suficiente para se desenvolver, tal qual seria no chão. Confira o passo a passo para fazer o plantio abaixo.

  • No solo ou no vaso, cave um buraco maior que o torrão da muda que você adquiriu;

  • Para ajudar na drenagem do solo, coloque um pouco de areia no fundo do buraco;

  • Adube a terra com compostos orgânicos próprios ou até húmus de minhoca;

  • Bem no centro do buraco cavado, coloque a muda do lírio;

  • Adicione mais um pouco do adubo nas laterais;

  • Feche o buraco com terra.

Simples, não é? Depois de tudo feito, é só seguir com a rega de lírio-da-paz. Essa parte é importante porque garantirá que as raízes se fixem, o adubo comece a agir e a espécie se acomode ao lugar onde foi plantada.

Há quem prefira fazer isso substituindo a terra por cascas de pinho. Essa é uma forma de não só enriquecer o solo, mas também dar um acabamento diferente ao jardim ou ao vaso, facilitando o processo de como cuidar do lírio-da-paz.

Quando regar lírio-da-paz?

Apesar de o cultivo ser bem prático, é importante prestar atenção na quantidade de água adicionada no solo ou no vaso, algo que também faz parte de como cuidar do lírio-da-paz. O ideal é regar o solo apenas quando ele estiver bem seco, sempre usando pouca água.

O excesso de água pode apodrecer a raiz e matar a planta. Ou seja, não é recomendável regar o lírio todos os dias, apenas quando houver necessidade. Quem mora em locais mais úmidos deve ter mais atenção ainda a esse ponto, especialmente se a planta estiver no jardim.

Também vale lembrar que a água ideal para regar lírio é aquela filtrada ou vinda da chuva. Água de torneira não faz bem à planta, já que a espécie é bastante sensível e não lida bem com qualquer dosagem de produtos químicos, especialmente o cloro.

Se você for usar água vinda da torneira, prefira deixá-la em um balde destampado, descansando por, pelo menos, 24 horas. Isso faz com que os químicos usados para tratar a água evaporem, e ela se torne inofensiva ao lírio-da-paz.

Esse cuidado também interfere muito em como manter o lírio-da-paz florido. Solo adubado, água na medida certa, sem produtos químicos e sombra são as características ideais para quem quer uma planta com flores bonitas e livres de queimaduras e ressecamento.

Lírio-da-paz é venenoso para animais?

Se você ama plantas e pets na mesma proporção, com certeza enfrentará um problema para ter todas as espécies que deseja em casa. Algumas são famosas por serem tóxicas para os animais, então não são recomendadas para ficar no mesmo ambiente que eles.

O lírio-da-paz é venenoso para os animais. Pior que isso: todas as partes são tóxicas para os cachorros e os gatos. Embora essa não seja uma das plantas mais prejudiciais, todo cuidado é pouco.

Por isso, caso você note o pet apresentando irritação na boca e nos olhos, coceira, dificuldade de engolir e até respirar, pode ser que ele tenha comido um lírio-da-paz. Nesses casos, a orientação é levá-lo ao veterinário com urgência.

Porém, você não precisa abrir mão dos dois por conta disso. Ao plantar o lírio no jardim, o ideal é montar uma barreira. Já os vasos devem ficar longe do alcance dos animais, inclusive cuidando para que alguma parte não caia perto de onde eles transitam.


Gostou de saber um pouco sobre como cuidar do lírio-da-paz? Com ele, o seu ambiente fica sofisticado e livre das más energias, caso você seja supersticioso. Para manter a planta sempre bonita, conte com a Floricultura Verusca. No site, você encontra produtos como fertilizantes e vasos. Visite e conheça a variedade!


1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page